f O Centauro - UOL Blog
O Centauro
   Mantra

 Nando Reis / Arnaldo Antunes

Quando não tiver mais nada
Nem chão, nem escada
Escudo ou espada
O seu coração acordará

Quando estiver com tudo
Lã, cetim, veludo
Espada e escudo
Sua consciência adormecerá

E acordará no mesmo lugar
Do ar até o arterial
No mesmo lar, no mesmo quintal
Da alma ao corpo material

Hare Krishna Hare Krishna
Krishna Krishna
Hare Hare
Hare Rama Hare Rama
Rama Rama
Hare Hare

Quando não se tem mais nada
Não se perde nada
Tudo ou espada
Pode ser o que se for livre do temor

Hare Krishna Hare Krishna
Krishna Krishna
Hare Hare
Hare Rama Hare Rama
Rama Rama
Hare Hare

Quando se acabou com tudo
Espada e escudo
Forma e conteúdo
Já então agora dá para dar amor

Amor dará e receberá
Do ar, pulmão; da lágrima, sal
Amor dará e receberá
Da luz, visão do templo espiral

Hare Krishna Hare Krishna
Krishna Krishna
Hare Hare
Hare Rama Hare Rama
Rama Rama
Hare Hare

Quando se acabou com tudo
Espada e escudo
Forma e conteúdo
Já então agora dá para dar amor

Amor dará e receberá
Do ar, pulmão; da lágrima, sal
Amor dará e receberá
Da luz, visão do templo espiral

Amor dará e receberá
Do braço, mão; da boca, vogal
Amor dará e receberá
Da morte o seu guia natal

Adeus dor

Hare Krishna Hare Krishna
Krishna Krishna
Hare Hare
Hare Rama Hare Rama
Rama Rama
Hare Hare

letras acima



Escrito por Huberth Allan às 10h00
[]


 
  

Se todo olho vê a dor mas não sabe detê-la,

Segue então olhando sem nada de bom ver a não ser uma estrela,

Me diz se é possível mudar o destino e transformar toda dor no ato de algo maior que a alma tentar?

Se todo corpo sente a dor de ser egoísta,

Pois cada corpo só pode viver de forma egoísta,

 Me diz como transformar a dor em sorriso e de uma criança a dor da descrença apartar?

E se toda dor mora neste mundo,

 Transformando um corpo jovem num velho moribundo,

 Me explica porque dela fugir, pra que contra ela lutar?

Se contra minha bondade sempre há uma bomba,

Contra minha esperança  há sempre alguém  que tomba,

Entretanto contra cada murro, há ainda alguém que ouse com amor abraçar ,

 me diz o que é isso que se sente,

Habitante de quase todos os corpos,

Impregnada nesta carne que às vezes, quase sempre,

quer ver a luz do dia, a bondade estampada,

algo que não se pode comprar.



Escrito por Huberth Allan às 09h00
[]


 
  [ ver mensagens anteriores ]  
 
 
HISTÓRICO
 04/12/2011 a 10/12/2011
 27/11/2011 a 03/12/2011
 27/02/2011 a 05/03/2011
 13/06/2010 a 19/06/2010
 16/05/2010 a 22/05/2010
 18/10/2009 a 24/10/2009
 27/09/2009 a 03/10/2009
 19/07/2009 a 25/07/2009
 28/06/2009 a 04/07/2009
 14/06/2009 a 20/06/2009
 24/05/2009 a 30/05/2009
 08/03/2009 a 14/03/2009
 16/11/2008 a 22/11/2008
 20/07/2008 a 26/07/2008
 29/06/2008 a 05/07/2008
 22/06/2008 a 28/06/2008
 23/09/2007 a 29/09/2007
 22/07/2007 a 28/07/2007
 08/07/2007 a 14/07/2007
 24/06/2007 a 30/06/2007
 10/06/2007 a 16/06/2007
 29/04/2007 a 05/05/2007
 15/04/2007 a 21/04/2007
 04/03/2007 a 10/03/2007
 04/02/2007 a 10/02/2007
 31/12/2006 a 06/01/2007
 24/12/2006 a 30/12/2006
 03/09/2006 a 09/09/2006
 27/08/2006 a 02/09/2006
 13/08/2006 a 19/08/2006
 09/07/2006 a 15/07/2006
 02/07/2006 a 08/07/2006
 28/05/2006 a 03/06/2006
 21/05/2006 a 27/05/2006
 07/05/2006 a 13/05/2006
 30/04/2006 a 06/05/2006
 23/04/2006 a 29/04/2006
 09/04/2006 a 15/04/2006
 02/04/2006 a 08/04/2006
 26/03/2006 a 01/04/2006
 19/03/2006 a 25/03/2006
 26/02/2006 a 04/03/2006
 19/02/2006 a 25/02/2006
 12/02/2006 a 18/02/2006
 05/02/2006 a 11/02/2006
 29/01/2006 a 04/02/2006
 22/01/2006 a 28/01/2006
 15/01/2006 a 21/01/2006
 08/01/2006 a 14/01/2006
 25/12/2005 a 31/12/2005
 18/12/2005 a 24/12/2005
 06/11/2005 a 12/11/2005
 27/02/2005 a 05/03/2005
 20/02/2005 a 26/02/2005
 30/01/2005 a 05/02/2005
 23/01/2005 a 29/01/2005
 24/10/2004 a 30/10/2004
 17/10/2004 a 23/10/2004
 10/10/2004 a 16/10/2004
 03/10/2004 a 09/10/2004
 26/09/2004 a 02/10/2004
 19/09/2004 a 25/09/2004
 12/09/2004 a 18/09/2004
 29/08/2004 a 04/09/2004
 22/08/2004 a 28/08/2004
 08/08/2004 a 14/08/2004
 18/07/2004 a 24/07/2004
 11/07/2004 a 17/07/2004
 27/06/2004 a 03/07/2004
 30/05/2004 a 05/06/2004
 23/05/2004 a 29/05/2004
 16/05/2004 a 22/05/2004



OUTROS SITES
 MAndingá
 Huberth Allan- Release Artístico.
 Diário Maldito


VOTAÇÃO
 Dê uma nota para meu blog!